segunda-feira, 26 de julho de 2010

Uma imensa fornada de cupcakes!

Então outro dia eu recebi, inusitadamente, uma encomenda de cupcakes!
Eu já até tinha feito bolos pra vender quando tava juntando $$ pra ir pra França, mas cupcakes pra vender eu nunca tinha feito. Topei na hora e fiquei super feliz!
Por uma super coincidência (destino, sorte, sei lá!), logo antes da encomenda rolar, eu tinha conhecido a Paula (fofa demais!), do The Cookie Shop - blog de gostosuras doces que eu adoro e que tem fotos tão tão lindas que dá vontade de correr pra cozinha e tentar reproduzir tudo! Aí, como ela tem uma doceria virtual e é mais inteirada dos valores de mercado que eu, fui pedir ajuda. Com os preços na cabeça, fui pra rua Paula Souza procurar, também por indicação da Paula, a tal Central do Sabor - loja de produtos pra confeitaria (ou confeitagem?), praticamente o paraíso! Fiz a farra por lá, viu! Quem tá acostumado com os preços abusivos da Barra Doce precisa conhecer a Central do Sabor. O site deles não é muito bom (não tem quase nada), mas a loja é bem rica.
Fui pra cozinha preparar a primeira fornada e saíram esses 2 "modelos" aí:
Bonitinhos e beeeem gostosos! (zero modéstia!)
O da direita é de fubá com recheio de goiabada (bem mineiro!) e o da esquerda é de coco e chocolate, que já mostrei aqui.

Pra fazer o Romeo e Julieta (massa de fubá, recheada com goiabada mole e cobertura de cream cheese e chocolate branco) o processo é o seguinte:

(essa receita rende uns 18 ou 24 cupcakes grandes)
 
3 ovos
1 xícara de leite
1 xícara de fubá
1 xícara de farinha de trigo
2/3 de xícara de óleo (eu uso 1/2 xíc. de manteiga em temperatura ambiente)
1 1/2 xícara de açúcar (pode diminuir pra 1 xícara se quiser)
1 colher (chá) cheia de fermento em pó
1 colher (sopa) de parmesão ralado (de boa qualidade)
1 colher (sopa) de coco ralado
1 xícara de goiabada mole pra rechear

Bater todos os ingredientes (menos a goiabada) no liquidificador, preencher as forminhas até 2/3 da capacidade delas e assar em forno médio para que fiquem bem redondinhos.
Quando estiverem mornos, corte o miolo (aqui e aqui tem passo-a-passo de como fazer), recheie com a goiabada e tampe com a tampinha de massa. Deixe esfriar completamente e coloque a cobertura.
A goiabada ole eu preparei a partir da goiabada em barra: cortei em pedaços médios, coloquei água suficiente até quase cobrir os pedaços e deixei em fogo baixo, mexendo sempre, até derreter. Se a goiabada for do tipo cascão, vale à pena passar pela peneira pra ficar bem lisinha. A cosnsistência ideal é a de um brigadeiro mole. Se ficar mole demais é só deixar ferver mais, e se ficar muito dura, basta colocar mais água (filtrada ou mineral).

Para a cobertura:

1 potinho de cream cheese tradicional (O povo torceo o nariz quando vê cream cheese no meio, mas depois de provar todo mundo ama. Tenham fé!!)
1 tablete (180 gr) de chocolate branco
2 colheres (sopa) de creme de leite

Derreter o chocolate branco no microondas (cerca de 3 minutos, mexendo a cada minuto para não queimar) e misturar o cream cheese e o creme de leite. Geralmente ficam umas bolinhas inconvenientes que não dissolvem, então eu passo pela peneira pra não entupir o bico de confeiteiro. Deixar na geladeira para firmar antes de confeitar.

Eles ficam assim por dentro:
Esse é o tamanho grande. Pra encomenda eu fiz mini-cupcakes... o tamanho exato de 2 bocadas de puro prazer!
No tamanho menor eu achei que os sabores se equilibram mais e fica mesmo muito harmoniosos, sendo que o dulçor (chique, hein! hahaha) não cansa o paladar.
Uma descoberta bem legal que a expericência me proporcionou foi a dos bicos de confeiteiro profissionais. Até então eu usava aqueles bicos que vendem em supermercado e me achava a própria Marta Ballina, mas nunca tinha conseguido aquele efeito glamouroso na hora de confeitar. Queria uma cobertura que parecesse uma fita, como nos cupcakes gringos.
Na central do sabor eu encontrei un s bicos maiores e inteiriços, da marca Wilton (a fodona em acessórios confeiteiros), e trouxe 3 pra casa. Depois de alguns testes eu consegui o resultado lá de cima. Adorei! Logo vou postar uma foto dos testes com os bicos por aqui.
No fim das contas eu fiquei bem orgulhosa por ter feito a encomenda direitinho, mas confesso que a experiência não vai se tornar rotina na minha cozinha não. Até porque é preciso ter foco nessa vida, né gente? Eu não posso querer ser multitarefas e fazer antropologia, fotografia, gastronomia, maquiagem e literatura, né? Até posso, mas a qualidade de todas as áreas fica um pouco comprometida... Então os cupcakes ficam reservados pra quando eu quiser presentear com muito carinho ou receber meus amigos com um mimo gostoso!

9 comentários:

sara disse...

Bel, tava comentando com uns amigos outro dia que eu tinha que ser uma jovem empreendedora e abrir uma confeitaria especializada em cupcakes aqui em BH. na savassi. ia bombar! na verdade alguem podia fazer isso por mim (como você disse: foco na vida!) mas aqui eles só abrem temaki e pizza de pedaço. 3 por quarteirão. :P

Bel Lüscher disse...

Eu também sonhei com essa idéia por tempos, Sara! Fiquei querendo pegar a "herança" da minha mãe e transformar numa linda casinha vintage com cupcakes e espumante pra mocinhas de fino trato (com seus cabelos e rostinhos do promove!), mas como que eu volto pra BH agora?? E agora a palavra da vez é FOCO, né?!
Incríveis essas pessoas que se concentram em poucas coisas!
Beijoca, querida!

Anônimo disse...

Minha queridissíma amiga, você acabou de me deixar com fome..

c r i s disse...

Belzinha quanto tempo!! Fiquei sumidinha, mas estou voltando aos poucos e já vi que perdi alguns post's de-li-ciosos...literalmente!! Aiai! Belzinha esta palavrinha...FOCO...me persegue também, ô coisa difícil! É preciso respirar e pensar num mantra ...Ahmmmmmmmmmmm!!! Ainda bem que o objeto do foco pode mudar, não é mesmo? Pois este cakes prometem, hein? Hein? Bjinhos com saudade!!

thecookieshop disse...

Bel, ficaram LINDOS!
Vou te contratar pra vir aqui me ajudar!
bj
Paula

Marcela Reggiani disse...

Belzitcha! ficaram lindos, devem ter ficado deliciosos!

Quando você vem pra BH? A gente podia marcar encontrinho, não?

Bjossss pra vc e Bê!

Pedro L. disse...

Bel,
os que estão nas duas primeiras fotos são minis? tipo docinhos de festa? Agora uma pergunta ignorante... qual a direfença entre muffin e cupcake? é que um tem cobertura e o outro não? hehehe
A cara tah realmente ótima. parabéns.
beijos

Rena disse...

Deu água na boca hein Bel!!! Nossa, quero muito um desses =D

Bel Lüscher disse...

Anônimo, até eu revendo o post fico com fome!! Nham!

Cris, sumiu mesmo hein! Mas adoro que vovê sempre volta pra comentar! Bem vinda de volta e beijocas!

Ei Paula!! Obrigada, querida! Sem você eu teria ficado super perdida... Obrigada!

Marcelita, fofa!!!Eu nem tenho data pra ir pra BH... tá tudo tão corrido ultimamente :(
Mas quando souber a gente podia meeeesmo marcar. a saudade é DEMAIS, viu?

Pedro, Exatamente... são do tamanho exato de 2 bocadas bem comportadas, ou de uma monstrona! A diferença entre muffin e cupcake é o tipo de preparo: no muffin a gordura é utilizada em forma líquida... manteiga derretida ou óleo; no cupcake a gordura é do tipo sólida... a manteiga é batida ate ficar com aspecto de creme/pomada. Essa diferença rende texturas bem distintas: enquanto os muffins são mais granulosos e aerados, os cupcakes são mais densos. Certo, mano? :)

Eu Rena! Eles ficam bons demais! Testa a receita e me conta do resultado!!

Beijos pra todos
;)

Related Posts with Thumbnails